O que vem a ser a Pirâmide de Maslow?

Em 1943, o psicólogo norte-americano Abraham Maslow publicou um artigo chamado “Uma Teoria da Motivação Humana”, no qual ele disse que as pessoas tinham cinco conjuntos de necessidades, que são em uma determinada ordem.

À medida que uma camada de necessidades é satisfeito, o desejo de cumprir a próxima camada entra em ação.

maslow
Fonte: http://www.dicasdeescrita.com.br, 2015

Para começar, temos as necessidades fundamentais para o funcionamento do corpo, preenchidas por comer, beber e ir ao banheiro. Depois, há o desejo de estar seguro e protegido, compondo então o que se chama de necessidades básicas.

Nas necessidades psicológicas vem a nossa necessidade de amizade, amor e negócios, e em seguida o reconhecimento, estima, status e respeito da sociedade.

E o ponto final, representado na figura acima como a ponta mais alta do triângulo, se chama”Necessidades de Auto-Realização”. É tudo sobre a capacidade de realização, solução de problemas e ausência de preconceitos.

Por mais intrigante que isso seja, provavelmente você está se perguntando: o que essa pirâmide de Maslow tem a ver com meus negócios e /ou com a minha carreira?

Bem, para começar é um conceito de Motivação Humana, e “As necessidades de Maslow” esclarecem que certos itens são mais fundamentais para a saúde e o bem-estar, assim como para realizações de objetivos futuros.

Se você tiver a sorte de trabalhar em uma empresa que valorize seus funcionários, é provável que as forças da hierarquia da pirâmide de Maslow já estejam funcionando na companhia.

E se não estiverem, entenda que esses princípios não são difíceis para um líder implementar em seu negócio.

Hoje em dia, espera-se que cada vez mais empresas honrem um alto nível de integridade, e isso inclui garantir que as necessidades dos funcionários sejam realmente atendidas.

Assim, o que sua empresa pode fazer para garantir que as necessidades dos trabalhadores estejam sendo atendidas, por Maslow? Vamos olhar para cada nível dentro da hierarquia para encontrar uma ideia melhor da maneira como ela se estende à cultura corporativa.

Camadas

Camada 1: Necessidades Fisiológicas ou Básicas

maslow

Com base em Maslow algumas das principais demandas fisiológicas dos humanos incluem:

  1. Ar para inspirar
  2. Refeições para comer
  3. Água para beber
  4. Abrigo
  5. Calor
  6. Repouso

Esta é a camada mais simples da pirâmide, no qual todos os empregadores devem ser capazes de garantir para si e para a família.

Para melhor desempenharem as suas tarefas, os trabalhadores exigem um padrão de saúde adequado como: ar puro para respirar, muita água para se manterem hidratados e períodos de descanso durante os turnos, além de refeições.

Isto é especialmente verdade quando as pessoas chegam à beira da desidratação e fadiga no emprego, deixando a saúde de lado para o “bem da empresa”. Parece estranho ouvir isto, mas acredite, há muitos casos desta natureza.

E o que fazer então? Em empresas sérias, o atendimento as “Necessidades Fisiológicas” entram como uma premissa do dia-à-dia, simplesmente fazendo coisas tão simples como fornecer água limpa através de sistemas de filtragem de água, refeições, incentivo a pausa para almoço, etc.

Camada 2: Necessidades de Segurança

maslow

Este nível na hierarquia significa “segurança” no modo literal (proteção contra os elementos, ausência de violência e segurança financeira, por exemplo) e, também, abstrato (lei e ordem, estabilidade política, etc.).

E como isso se parece em um ambiente corporativo?

Obviamente, significa um espaço de trabalho que é fisicamente seguro, e o mais livre possível do perigo de acidentes. No entanto, ele se estende além da segurança, cobrindo também o bem-estar emocional de um funcionário.

Uma vez que um funcionário sabe que está coberto por benefícios médicos, por exemplo, a sensação de segurança permite o empregado focar mais no trabalho, não tendo que “esquentar a cabeça” com outros problemas.

E quando os funcionários acreditam que eles têm tanto a segurança do emprego no presente, eles estão muito mais inclinados a permanecer fiel a este trabalho.

Camada 3: Necessidades de Amor e Relacionamento

maslow

Onde as duas primeiras camadas da hierarquia devem ser obrigatórias em qualquer empresa, aqui é onde começa a ficar um pouco mais complicado.

As empresas podem garantir que as Necessidades de Amor e Pertencimento de seus funcionários, que incluem amizade, proximidade, confiança e aprovação, estejam sendo cumpridas de duas maneiras:

a. Criando uma cultura empresarial de camaradagem

Num local de trabalho onde ninguém é sociável, os empregados trabalham silenciosamente até às 17 horas, o que não favorece nem a produtividade nem o clima organizacional.

Existem inúmeros procedimentos para promover uma cultura amigável e colaborativa nas empresas, mas um dos passos mais cruciais é fazer com que os empregados passem um pouco de tempo juntos fora do horário de expediente, podendo ser for uma hora de alegria em um restaurante patrocinado pela empresa ou uma competição de futebol com o pessoal.

b. Ter políticas empresariais “Family-friend”

A família e a qualidade do tempo que se pode passar com ela é, obviamente, um componente significativo das experiências de amor e de pertencimento.

As empresas podem implantar isso instituindo políticas que permitam aos funcionários equilibrar melhor o tempo com sua família e suas responsabilidades profissionais, como por exemplo, home office, possibilidade de horários flexíveis e também fornecendo ajuda nas despesas de cuidados infantis.

Camada 4: Necessidade de Estima

maslow

Maslow descreveu as características desta etapa como: auto-estima, confiança, realização, e desfrutar do respeito das outras pessoas.

Todas estas são áreas podem ser tratadas pela liderança, principalmente no tocante a reconhecimentos por realizações.

Essa camada foi dividida por Maslow em duas categorias, motivadores externos e internos, e as empresas podem desempenhar papéis cruciais em cada uma delas.

Para os motivadores externos, questões como prêmios, aumentos, bônus e promoções contribuem muito para que as pessoas se sintam devidamente) reconhecidas por um trabalho bem feito.

Já os motivadores internos, por outro lado, são objetivos privados que os funcionários estabelecem individualmente para si; uma vez que esses objetivos pessoais são satisfeitos, sua autoestima aumenta de forma correspondente.

Embora esse elemento de estima possa ser interno, as empresas ainda podem incentivá-lo, motivando os funcionários em seus planos de desenvolvimento profissional, e permitindo conversas abertas e honestas sobre objetivos e metas futuras.

Camada 5: Necessidade de Auto-realização

O que realmente é auto-realização, como são exatamente as pessoas auto-realizadas, e como o conceito de auto-realização impacta a carreira de uma pessoa (e vice-versa)?

Na visão de Maslow, a auto-realização esta fortemente ligada ao altruísmo, e também à capacidade de ver além do que esta escrito, usando criatividade e a capacidade de resolver problemas.

Assim como os funcionários podem se auto-realizar, assim também as empresas inteiras podem se alinhar com uma missão que vai além de apenas gerar lucro.

Vamos fazer agora o uso de Maslow na vida de empresas.

A Pirâmide de Maslow para pequenas empresas

Camada 1: Necessidades Básicas

Muitas dessas necessidades básicas de sobrevivência empresarial são – como a hierarquia de Maslow – rudimentares.

A empresa requer fundos, quer sejam de propriedade de alguém do negócio ou emprestados de outro lugar. Eles devem ter uma oferta – um bem ou serviço que vendem a outros.

Tem de haver clientes que valorizem essas ofertas, e que tenham interesse em comprá-las.

Mas uma empresa bem-sucedida deve ter uma oferta diferenciada, uma que seja diferente e melhor do que muitas outras disponíveis no mercado.

Todo negócio precisa de uma “meta”, na qual servirá de base para formular uma estratégia de crescimento,sendo importante durante o processo que algumas questões fiquem bem claras: a utilidade do produto, para quem, como ele funciona, a que preço e, o mais importante, como isso difere dos outros produtos já presentes no mercado?

Estas necessidades fundamentais permanecem significativas ao longo de toda a vida da empresa.

Camada 2: Necessidades de Segurança

Muitas empresas falham na fase de crescimento, como demonstrado pelo fato de que 55% das empresas cessam a comercialização dentro de cinco décadas após o estabelecimento.

Nesta fase de desenvolvimento, as empresas tentam crescer rapidamente para obter segurança, havendo investimentos em publicidade e vendas  significativos.

Também nesta camada, o conhecimento e a experiência do mercado da empresa permitem-lhe desenvolver e implementar uma estratégia de propagandas e o desenvolvimento de novos produtos.

Camada 3: Necessidades de Relacionamento

Nos negócios que incluem uma variedade de seres humanos, as relações interpessoais são importantes para criar uma pequena empresa em crescimento, lucrativa e durável.

Quando os funcionários estão bem engajados, eles conseguem superar metas, por isso, as empresas concentram-se cada vez mais em assuntos como formação, benefícios para o pessoal e melhoria na comunicação.

Um outro ponto importante é as empresas se concentrarem em relacionamentos com os clientes.

Os clientes que estão preparados para recomendar um fornecedor aos seus colegas de trabalho ou amigos são muito mais propensos a repetir o negócio, a maximizar os seus próprios gastos, e também a espalhar o nome da sua empresa de boca em boca.

Camada 4: Necessidade de Estima

Além das fases iniciais de crescimento de um negócio, há a necessidade de organizar as ações que compõem o negócio em uma estrutura mais definida.

A criação bem-sucedida de grupos, departamentos e grupos operacionais – sejam eles permanentes ou temporários – instalando um sentimento de pertencimento, responsabilidade compartilhada e propósito nos trabalhadores.

A devoção que é uma parte fundamental na construção do engajamento dos funcionários. 

Nível 5: Necessidade de Auto-Realização

A auto-realização juntamente com o reconhecimento da marca de uma empresa são os maiores ativos da empresa, pois move as pessoas e os negócios na direção planejada.

Uma vez que as empresas se estabeleceram em seus mercados-alvo, desenvolveram uma estrutura organizacional e instalaram os sistemas cruciais, elas voltam sua atenção para serem genuinamente reconhecidas como líderes em seu campo.

É agora que muitas empresas desenvolvem um novo nível de ambição. Elas podem se expandir ou diversificar para ficarem mais competitivas no mercado.

Conheça mais sobre Gestão para Resultados: https://www.gradusct.com.br/treinamentos/green-belt/

Saiba mais em: https://www.gradusct.com.br/2018/12/28/maslow/

Desenvolvimento profissional

10

 

 

 

 

 

 

 

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado.