Green Belt: Você sabe o que é e sua função ?

Uma pirâmide mostrando a ordem dos cursos Lean Six Sigma

A certificação Green Belt Lean Six Sigma é dedicada para formação de profissionais que precisam desenvolver projetos focados ​​em melhoria contínua.

Essa certificação também ajuda na aplicação de soluções para a redução de desperdícios e planejamento de posições de trabalho em diferentes tipos de cadeia de produção.

Tem sido crescente a busca por cursos, workshops e palestras para a formação nesta área, visando o aprimoramento do currículo do profissional e de melhores processos no gerenciamento de negócios.

Essa formação tem adquirido mais importância para as empresas e gerando melhores oportunidades de carreira para os profissionais e colaboradores de uma corporação.

Na prática, os conhecimentos teóricos e pragmáticos adquiridos nos cursos, ajuda muito no controle de custos, melhoria de resultados e contribuição para melhores projetos para empresas e modelos de negócios atingirem bons resultados.

Para a empresa, trata-se de um setor de conhecimento estratégico para a melhoria contínua, aprimorando sua qualidade e alcançando cada vez melhores resultados.

Para o profissional, o fato de adquirir essa certificação, simboliza obter alto nível de capacitação para solucionar problemas e qualquer desvios no processo produtivo; visando sempre aprimorar a qualidade da produção, dos trabalhos e elevando a satisfação do cliente em seu processo de aquisição de bens e serviços da empresa.

Veja mais: Descubra mais informações sobre a nossa certificação Green Belt!

Por que fazer um curso Green Belt Lean Six Sigma?

Atualmente, tem sido cada vez mais exigido o domínio de conhecimentos específicos para diferentes tipos de áreas programáticas, gerarando resultados elevados para empresas em seu processo de produção e especialmente atendimento.

A busca por melhores resultados é a principal competência exigida nos tempos atuais pelas empresas, mais notadamente, no processo de seleção de capital humano e intelectual para atuação nos departamentos da corporação.

Ao realizar esse curso, além da certificação, o profissional obtém importantes conhecimentos e recursos técnicos para atuar amplamente de forma segura em qualquer empresa e cadeia de produção.

A formação também cria um peso maior no currículo do profissional, gerando credibilidade, elevação da média salarial e reconhecimento no mercado.

Como se tornar um Green Belt?

Para se tornar um especialista Green Belt é necessário fazer o curso, ser aprovado no exame final e apresentar um projeto de melhoria comprovando que você absorveu todos os ensinamentos passados em sala de aula. Após aprovação, o aluno recebe a certificação.

Como é a certificação Green Belt?

No decorrer do curso, os alunos aprendem a desenvolver habilidades específicas e capacidades técnicas que colaboram na formação de profissionais completos e capacitados. Assim, ao longo deste processo os alunos serão capacitados a: 

  • Compreender as etapas da metodologia e suas ferramentas de suporte; 
  • Conduzir os projetos com foco na melhoria dos processos, produtos ou serviços existentes;
  • Aplicar métodos estatísticos e calcular ganhos dos projetos; 
  • Avaliar e reportar os resultados dos projetos para a organização; 
  • Medir o desempenho do processo; 
  • Controlar o processo; 
  • Seguir normas e procedimentos; 
  • Trabalhar em equipe; 
  • Gerenciar tempo; 
  • Demonstrar organização no ambiente de trabalho; 
  • Se comunicar com os mais variados níveis hierárquicos; 
  • Criar mudanças que serão melhorias; 
  • Gerenciar o tempo.

Antes de escolher a instituição de ensino:

  • Pesquise por programas de formação próximos à sua região; 
  • Converse com pessoas que estudaram na mesma instituição e pergunte mais sobre a experiência. Dependendo da resposta, matricule-se ou não.
  • Verifique se a instituição é credenciada. Embora não haja um formato padrão para cursos Lean Six Sigma, esse é um aspecto de extrema importância.

O curso tem duração média de 60 a 100 horas, dependendo da instituição de ensino.

Importância para a profissão

Como descrevemos anteriormente, o profissional que já possui graduação em marketing, engenharia de produção, arquitetura, design, administração, economia e entre outras, pode encontrar no curso e na obtenção dessa certificação, um melhor caminho para atuar no mercado e se sentir mais valorizado.

Essa certificação eleva as oportunidades na carreira. No processo de formação, o profissional consegue por exemplo, compreender o método DMAIC, que o ajudará nos seus futuros projetos e na geração de lucros.

Na prática, o profissional também se fortalece para liderar uma equipe de melhoria de processos de uma cadeia produtiva.

No dia a dia produtivo, ele compartilhará seus conhecimentos práticos com os seus colaboradores, gerando uma interação profunda com os demais membros da empresa e do setor em específico.

Além do compartilhamento de conhecimento, pode desenvolver boas estratégias para criar melhorias e redução de desperdícios a partir dos métodos “Green” e de projetos guiados pelo “seis sigma”.

O profissional conseguirá atuar melhor para liderar sua equipe de projeto, avaliar problemas de qualidade, gerar soluções, organizar a coleta de dados, verificar todos os sistemas de medição, melhorar as suas habilidades e de sua equipe, além de gerenciar melhor os projetos e setores.

Ganhos para a empresa

A aplicação dessas metodologias gera muitos ganhos para a empresa, que investe neste tipo de treinamento para seus funcionários e colaboradores.

Um dos principais ganhos está presente na melhoria contínua, na redução de desperdício, no aumento da taxa de qualidade de produtos e serviços produzidos e ofertados pela empresa em seu mercado de atuação.

No contexto do conhecimento técnico, podemos apresentar o Green Belt como uma certificação intermediária do Lean Six Sigma, muito utilizada pelas empresas mundialmente.

O profissional que realiza os cursos nessa área e adquire a certificação, domina diferentes conhecimentos teóricos e práticos, para desenvolver projetos de melhoria e avaliação.

Ao aplicar a metodologia DMAIC, por exemplo, ele deverá seguir as etapas de definir, mensurar, analisar, melhorar e controlar. Visa, principalmente, implementar e manter um processo de produção enxuta envolvendo todos os membros da equipe.

Gerenciamento de Projetos

Através dessa certificação, o profissional se especializa no desenvolvimento e manejo dedicado para a gestão eficaz de projetos, para o domínio de ferramentas de gerenciamento de qualidade, métodos de controle de qualidade, criação de solução de problemas e uso de análise de dados descritivos para cada cadeia ou projeto.

Melhoria Contínua

Ao aplicar os conhecimentos, o colaborador certificado ajuda bastante a criar fluxo de melhoria contínua para os produtos, serviços e linhas produtivas da empresa.

Dessa forma, sempre poderá atuar a favor da melhoria do processo, inspeção de dados, acompanhamento dos projetos e até mesmo no treinamento de outros membros da empresa.

Análise de dados

Neste caso, o profissional pode utilizar método de Análise do Sistema de Medição, conhecido também como MSA.

Perante um grande fluxo de informações a serem analisadas e corrigidas, é importante ter atenção e utilizar plataformas que facilitem a recepção, envio e avaliação de cada informação.

Esse processo é importante no meio industrial, nas empresas de varejo, serviços e em outros setores de mercado.

Dessa forma, seja em área de manufatura ou administrativa, cada dado precisa ser armazenado, avaliado e observado em prol da qualidade no processo de análises de medição.

Essa atitude ajuda no processo de tomada de decisão, de seleção de objetivos, determinação de estratégias e quantificação de resultados.

Por outro lado, é fundamental que as informações sejam organizadas e que os dados sejam precisos, para de fato serem úteis para as estratégias de melhoria da empresa.

Metodologia DMAIC

Um esquema mostrando como funciona o DMAIC

Como falamos anteriormente, a certificação baseada no Green Belt e Lean Six Sigma abrange também o uso da ferramenta conceitual DMAIC.

Estamos falando de uma ferramenta que pode ser aplicada para a melhoria de processos produtivos. A sua utilização tem sido cada vez mais comum em diferentes formas de projetos, gerenciamento e aprimoramento da qualidade.

Quando a empresa visa alcançar melhorias, ela pode inserir essa ferramenta como forma de obter melhores resultados e reduzir perdas.

Genericamente, a sigla DMAIC é de origem inglesa cujos termos Define, Measure, Analyze, Improve e Control podem ser traduzidos como Definir, Medir, Analisar, Controlar e Melhorar.

Os passos DMAIC

Para aprofundar a visão sobre a busca constante por qualidade e melhoria, podemos nos aprofundar sobre a explicação da aplicação do processo DMAIC.

Definir

Na primeira etapa, o profissional e demais responsáveis pelo projeto, podem atuar por definir as oportunidades, escopo, objetivos e os membros que atuarão no projeto.

Nessa etapa, também é definida quais tarefas serão de fato realizadas e o resultado a ser alcançado.

Medir

Nessa segunda etapa, temos a coleta de dados, informações e início de um processo de análise, que ajudará a avaliar o cenário atual de mercado.

Nesta análise, deve ser realizada uma avaliação quantitativa por meio de dados estatísticos e gerar bases para criação de novos objetivos e melhorias.

Analisar

Posteriormente, ao analisar, o profissional deve ter a capacitação, junto com os membros da equipe para saber identificar a causa raiz de cada problema.

Visa também priorizar qual tipo de problemas precisa de fato ser solucionado de modo prioritário e preferencial a favor da cadeia de produção como um todo.

Melhorar

Já nesta etapa, o profissional deve testar se as soluções previstas podem de fato gerar resultado factual evitando novos problemas.

Por outro lado, a equipe poderá encontrar diferentes soluções, que podem ser testadas ou escolhidas conforme a necessidade do projeto no contexto do gerenciamento do processo.

A nossa certificação em Green Belt proporciona o domínio teórico e prático nestas etapas.

Identificação e criação de solução

Nesta etapa, o profissional certificado, poderá se concentrar mais na geração de soluções iniciais e em métodos mais simples para gerar melhorias e superação da causa raiz de cada problema.

Controlar

Na última etapa, após identificar todas as soluções possíveis, é importante que o profissional permaneça focado em criar planos de ação e de controle para acompanhar todos os registros, podendo criar checklists, documentos de metas e análises contínuas com estatísticas para aprimorar o processo de controle.

Benefícios para o Profissional

Acima utilizamos o ciclo DMAIC para exemplificar uma das possibilidades de ferramentas a serem utilizadas pelo profissional.

Porém, dentre outros conhecimentos, a aquisição dessa certificação e o domínio da aplicação de diferentes ferramentas gera importantes benefícios para o profissional como:

1- Benefícios financeiros

Imagem mostrando o salário anual de um Green Belt

Um dos benefícios mais proeminentes está na faixa salarial do profissional certificado. O profissional certificado, recebe ordenados e salários melhores, podendo ter um aumento de cerca de 10% a 20%.

Por outro lado, o fator financeiro beneficia as empresas por meio da redução de desperdícios e da geração de resultados melhores de mercado.

Permite às empresas concluir seus projetos, faturar mais e a partir daí, remunerar melhor seus colaboradores.

2 – Melhoria na estratégia

Essa área de conhecimento é fundamental para ampliar as possíveis estratégias e táticas de mercado, para a empresa e para a equipe de colaboradores.

Um profissional com certificação em Green Belt Lean, terá mais capacidade para solucionar diferentes níveis de problemas em um tempo menor, com maiores condições de eliminar a causa raiz de cada tipo de problema.

Quando o profissional não possui essa certificação, geralmente ele resolve a causa raiz de modo superficial ou de forma equivocada.

3 – Desenvolvimento de pessoas

Como falamos no início do texto, estamos imersos em informação e conhecimentos específicos para diferentes áreas, portanto, o treinamento através desse tipo de curso e certificação, ajuda no processo de desenvolvimento de pessoas e valorização do capital humano da empresa.

Permite ainda, aprimorar o currículo dos funcionários, colaboradores e responsáveis por cada tipo de projeto e ainda desenvolve a habilidade de comunicação da equipe.

O profissional, por exemplo, terá maior vantagem e solidez de ação em relação aos profissionais de empresas concorrentes, podendo antecipar soluções e cenários de risco.

4 – Melhor relacionamento com o cliente

Esse tópico enfatiza um benefício que ajuda o profissional e a empresa a se relacionar melhor com o cliente, seja ele pessoa física ou jurídica, através do processo de melhoria contínua e de elevação da qualidade de produtos e serviços.

5- Mais competitividade

Ao obter a certificação em Green Belt Lean, o profissional e a empresa alcançarão mais vantagem competitiva no mercado.

Quando a empresa possui um profissional certificado, ela eleva a qualidade de seus processos e a força de sua estratégia de vendas e de marketing.

A empresa melhora o desempenho de mercado e consegue sempre superar seus concorrentes.

Redução de desperdício e Redução de Variabilidade

Nesse quesito, a adoção dessa certificação torna-se mais necessária. Sabemos que a filosofia do Lean Manufacturing visa eliminar desperdícios e agilizar procedimentos de produção.

É possível reduzir variabilidade de processos com a integração, por exemplo, das ferramentas Lean, Seis Sigma e DMAIC.

Dessa forma, a empresa e o profissional poderão otimizar o desempenho, eliminando desperdícios ao mesmo tempo que encontram suas as causas raízes, com um gerenciamento de processos mais preciso.

Conclusão

  • A Certificação Green Belt Lean é a certificação mais procurada em todos os níveis de “Belt” da metodologia Lean Six Sigma; 
  • O treinamento é reconhecido por organizações, e certamente o profissional ganha mais visibilidade;
  • As ferramentas desta certificação não são exclusivas do seu local de trabalho – você também poderá aplicá-las em sua vida pessoal; 
  • O que você aprende durante o curso nunca se tornará obsoleto. Isso porque, se trata de análises de causa e solução de problemas, ou seja, todo mundo precisa dessas habilidades diariamente, em todas as áreas de atuação e em todos os setores; 
  • Ao escolher esta formação e, consequentemente, se tornar um profissional mais qualificado, você não necessariamente irá se sacrificar trabalhando mais. Ao contrário. A ideia do treinamento não é aumentar a carga de trabalho, e sim, trabalhar melhor. Em outras palavras, a proposta aqui é otimizar tempo e não acúmulo de trabalho;
  • A agilidade na realização de projetos é perceptível logo nos primeiros meses após a certificação; 
  • A capacitação não só contribui para o seu crescimento profissional, como também permite que o desempenho das equipes lideradas por você melhore consideravelmente; 

 

 

 

 

 

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado.