Chefia: Prós e contras ao lidar com ela

Fácil lidar com a chefia certo?!

Conheço a resposta, não não é nada fácil, e sendo assim vou lhe dar algumas direções de alguém que já andou no trecho e teve chefe de todos os tipos possíveis.

chefia

Vamos lá. Seu relacionamento com a chefia, também conhecida como chefe, líder, superior, um quase semi-deus é, em muitos aspectos, muito semelhante à sua conexão com um cliente, fornecedor ou outra forte relação, pois cada indivíduo depende do outro para entrega de resultados, orientação, desenvolvimento e trabalho.

A chefia e os funcionários passam muitas horas juntos, dia após dia, possivelmente por vários anos, ou seja é como um casamento, onde você está na relação para melhor ou para pior. Felizmente, você pode adotar algumas estratégias que farão com que seja para melhor.

Algumas poucas pessoas têm a sorte de serem designadas a um chefe que é um líder fantástico que usa bem o feedback, é mentor e instrutor, embora algumas possam trabalhar para alguém que é o oposto.

Há técnicas que ajudarão você a desenvolver estratégias de enfrentamento para lidar de maneira mais eficaz com a chefia ou seja, você aprenderá a gerenciar seu chefe! Tá achando estranho!!? É isto mesmo, até o final deste material você vai falar: “Putz estou fazendo tudo errado! Agora vou acertar.”

Brincadeiras à parte, seguem as sugestões:

Faça sempre:

chefia

0.. Entenda que seu chefe tem chefe, que seu chefe é um coitado, muito pressionado o tempo todo e que geralmente não passa para você 1 centésimo da pressão que sofre. Este cenário certamente amolecerá você um pouco antes de ver as outras sugestões.

1.. Independentemente de quem for sua chefia, você será capaz de aproveitar ao máximo os objetivos, a personalidade e os hábitos de trabalho dela e, em seguida, adequar suas ações de acordo.

2.. Você não pode mudar o seu superior, mas você pode alterar o modo como você se comporta, então assuma a responsabilidade e tome atitudes para fazer mudanças positivas acontecerem.

3.. Tente facilitar o trabalho de seu chefe, oferecendo-se para assumir a responsabilidade pelos trabalhos que ele ou ela não gosta ou esta sem tempo para fazer.

4.. Fique de olho nas mudanças de humor do seu chefe. Comemore quando ele estiver no estado de espírito receptivo.

5.. Esteja sempre alinhado (a) com a chefia, e se houver algum problema a resolver, resolva na sala dele no melhor momento.

6.. Monitore seu progresso. Se você não está obtendo o sucesso desejado, reavalie o modo como está lidando com seu superior, e faça outro caminho, se necessário. Seja paciente. Não espere que tudo aconteça de uma só vez.

7.. Demonstre fortes qualidades e conquiste seu chefe

  • Os chefes estão sempre procurando por funcionários eficientes para trabalhar, e essa pode ser sua chance de provar a eles que você tem todos os talentos necessários.
  • Ajustes simples em seu comportamento, como chegar ao escritório no horário, oferecer-se para lidar com um trabalho desafiador ou ficar até mais tarde para garantir que as operações sejam concluídas podem fazer a diferença sua relação com ele. Recomendação: sempre chegue 5 minutos antes das reuniões começarem.

8.. Tenha Paciência

  • Você acabou de mostrar para seu chefe que o seu projeto não entregou o que esperava, e seu chefe ficou bravo. O que fazer?! Tenha calma e seja paciente até que ele volte a razão.
  • Ao permanecer equilibrado, você domina a situação, e seu chefe gradualmente começa a respeitar mais você profissionalmente.
  • A paciência permite avaliar a situação e escolher o melhor caminho a seguir. Julgar a chefia rapidamente pode ser tomar uma decisão precipitada que você lamentará depois.

9.. Solicite uma transferência

  • Se você está aproveitando seu trabalho, mas não é capaz de lidar com o ambiente estressante por causa da presença de seu chefe, peça uma mudança.
  • Peça primeiro ao seu chefe!!!!!! Não pule seu chefe!!! Converse calmamente com ele, e se depois de conversar você ainda quiser mudar de área, pergunte para ele como proceder. Lembre-se que na alegria e na tristeza ele ainda é seu chefe.
  • Organizações importantes geralmente acomodam seus funcionários em outra seção, dentro da mesma empresa.
  • Dê uma razão satisfatória para porque você está solicitando uma mudança para o grupo de RH, e discretamente se afaste de sua situação atual.

10.. Coloque-se no lugar do seu chefe

  • Seu chefe é tão humano quanto o resto de sua equipe, e desta maneira é importante entender as dificuldades enfrentadas por ele.
  • Se ele está passando por um recente divórcio ou pode estar em uma crise financeira para pagar seus empréstimos atuais, isto causará uma fase estressante, causando reações inesperadas por parte dele.

11.. Esteja sempre um passo à frente

  • Quanto mais competente você for, mais seu chefe e a organização o respeitarão, então faça o seu melhor todos os dias.
  • Entregue uma milha extra mostrando que você é capaz de entregar o combinado e o inesperado.

12.. Faça seu PDI – Plano de Desenvolvimento Individual, e de acordo com suas falhas, planeje ações para mudar em relação ao seu chefe, crave datas, monitore o progresso e repita. Sem este PDI você terá somente boas intenções.

Não faça ou Evite:

chefia

1.. NÃO discuta a autoridade de seu chefe, mesmo que discorde de sua decisão em uma circunstância especial.

2.. Não tome críticas como um ataque pessoal. Mesmo que seu chefe esteja fora de sintonia, isso ajudará a distinguir entre seu trabalho, que pode ser suportável, junto com seu chefe, que pode não ser.

3.. Não se coloque em posição de ser criticado procurando a aprovação do chefe quando isso não é necessário.

4.. NÃO pule o seu chefe, a menos que seja absolutamente crítico, como uma situação de emergência ou crise. Violar a cadeia de comando quase sempre causa mais problemas do que resolve.

5.. E, acima de tudo, não perca seu respeito próprio. Se as suas estratégias de enfrentamento falharem, e a mudança for impossível, faça o que você precisa fazer para manter sua autoestima, mesmo que isso signifique encontrar um novo emprego e um novo chefe.

6.. Evite ficar na Defensiva

  • Algumas palavras iradas ou um argumento interminável podem garantir que seu chefe o veja como um rival em potencial, e não como um membro da equipe.
  • Esse problema pode continuar por semanas, e pode criar uma atmosfera ruim onde você fica constantemente frustrado, e o forçará a tomar uma atitude para resgatar o clima da equipe.

7.. Pedir aumento

  • Você gostaria de ganhar mais dinheiro? Chocante, eu também!
  • Todo mundo quer um aumento, e isso significa que você não está dizendo nada que seu chefe não entenda”, mas segure sua língua e não faça exigências a ele, especialmente quando se trata de salário.
  • O simples fato de que você precisar de mais dinheiro porque seu carro quebrou ou seu filho precisa de uma escola melhor, não é uma boa razão para um aumento”, mas com fatos, dados e resultados que você alcançou na empresa pode lhe render um promoção.

8.. Jamais fale que não suporta alguém

  • Esta é uma das reclamações mais freqüentes que os gerentes ouvem dos subordinados diretos, e uma das mais odiadas.
  • Se você tiver um problema com um colegas, tente resolvê-lo diretamente com a pessoa. Se não for possível, e a questão impactar negativamente o seu trabalho, leve-o ao cuidado do seu chefe, mas proceda com cautela.

9.. “Mas sempre fizemos assim.”

  • Ninguém quer trabalhar com alguém que seja resistente a mudanças. “Os gerentes querem subordinados que possam se adaptar e encontrar novas maneiras de fazer as coisas com mais eficiência”.

10.. “Isso não faz parte do meu trabalho”

  • Nada de bom pode vir de dizer ao seu chefe que você não fará algo porque não faz parte da descrição do seu trabalho. “Não importa o que você foi contratado para realizar”,você deveria estar disposto a contribuir de novas maneiras.

11. “Eu tenho muito no meu prato.”

  • Leve alternativas para sua chefia, e não problemas. Se você esta sobrecarregado, não chore, pense em maneiras de suavizar sua carga, fale com os colegas, e depois leve as alternativas para o chefe.

12..”Sempre foi assim”

  • Quer ver a chefia ficar nervosa é falar que sempre fizemos assim! Eles ficam igual siri na lata, principalmente se o chefe for novo. A razão esta em que um processo sempre pode ser melhorado, ou seja, melhoria contínua.

6 Tipos de chefe ruim

Seu chefe pode não ser como os personagens de O Diabo Veste Prada ou Chefes Terríveis, mas talvez não seja possível trabalhar da mesma forma. Não há consenso sobre o que faz um chefe ruim, pois há muitas maneiras de estragar tudo.

chefia

Abaixo estão os perfis de personagens comuns de um chefe ruim:

1. O narcisista

Gerentes narcisistas só cuidam de si mesmos, especialmente como eles parecem à alta gerência e a outros funcionários.

Eles estão simplesmente interessados ​​em ouvir grandes coisas sobre seu desempenho (desempenho deles!) e, portanto, não espere que estejam abertos a algum feedback.

Normalmente, eles nem sequer acreditam que podem ser a origem do problema.

Eles também gostam de receber crédito pelo trabalho de seus subordinados, mas também podem ser rápidos para jogar as pessoas sob o ônibus quando as coisas dão errado, ou seja, jogar o subordinado no meio da fogueira!!!

2. Favorito

Você não odeia quando seu chefe promove alguém de quem gosta, em vez de escolher com base na habilidade, resultados e experiência? É difícil e desmotivador trabalhar para um chefe que não reconhecerá seu valor a menos que você esteja na lista dele.

Seu favoritismo se estende além das promoções também. Os chefes propaganda tendem a oferecer avaliações, projetos e agendas de desempenho melhores para as pessoas de quem gostam.

3. O micro-gerenciador

Seja por insegurança por dificuldades de controle ou de trabalho, os micro-gerentes preferem ditar exatamente como seus funcionários concluem os trabalhos, até o mais ínfimo detalhe.

4. O fantasma ou sub gerente

Os fantasmas fingem que se importam com o crescimento de um empregado, mas não se importam o suficiente para fornecer tempo e apoio necessários para esse crescimento.

Eles raramente se comunicam, deixando os funcionários no escuro em relação às suas expectativas e cronogramas do projeto.

É também por causa dos trabalhadores que eles não têm ideia se o que estão fazendo é certo ou errado, então mesmo aqueles que se preocupam com sua ocupação acabam perdendo o interesse.

5. Workaholic

Chefes como esse sabem que seus funcionários já estão sobrecarregados, mas continuam acumulando mais tarefas para fazer.

Eles simplesmente não se importam. Alguns desses chefes são mestres em tarefas difíceis porque alguém do alto também os pressiona.

Outros são apenas workaholic e adoram trabalhar até às 21h no escritório!

6. Psicopata

Já tive uma assim. É  aquele chefe que você nunca sabe quem ele é, se tem família ou não, não sabe se esta feliz ou irritado, e só descobre quando já é tarde demais.

O psicopata gosta de resultados e de aparecer bem para a organização. Geralmente mantém à sua volta os melhores de cada setor onde é o chefe.

Todos funcionários o temem, e um bom dia pode virar um pesadelo para o funcionário.

 

Conheça mais sobre o Treinamento de Gestão de Pessoashttps://www.gradusct.com.br/treinamentos/gestao-de-pessoas/

Saiba mais em:  https://www.gradusct.com.br/?p=9060&preview=true

mentoring

10

Comente